Minhas ideias de herança pro mundo

#52semanascomplanner – pra quê? (#1)

Já tem muito tempo que eu queria cumprir um desafio pessoal, de escrever posts semanais sobre planners, papelaria, organização e todas essas coisas que eu amo, e em vez de deixar pra começar no ano que vem e ser escrava do meu TOC de as semanas das postagens coincidirem com as semanas do ano, deixei pra agora mesmo. Está nascendo o #52semanascomplanner!

Vi não sei aonde que quando a gente fica empurrando as coisas, esperando pelo “momento mais ideal”, acaba por sabotar boas ideias e projetos que poderiam trazer alegria pra gente, e achei que isso se aplicava bem aqui. Então decidi começar no meio do ano mesmo, e nem é tão ruim assim pra minha mania, porque no fim das contas começo na semana 26 (que é exatamente a metade de 52, hehe).

Pra quê?

Então é isso, uma vez por semana eu pretendo publicar um post sobre planners e tudo que isso pode abarcar: organização, scrap, lettering, papelaria e por aí vai. E pra quê eu quis fazer isso? Primeiro porque simplesmente é um assunto que me traz muita alegria. Como costuma dizer o meu marido quando está lavando o carro dele, é uma “faxina mental” pra mim.

Dedicar momentos dos meus dias a decorar, conferir e acompanhar meus planners ou bullet journal me distrai e alivia um bocado meu stress. Não apenas pela estética ou diversão em si, mas porque colocar as coisas no papel é algo que de fato tira muito da nossa ansiedade.

Por mim pessoalmente, posso dizer que desde que me entendo por gente, utilizo agenda. De 2010 pra cá, implementei metodologias de organização pessoal e produtividade que me ajudaram imensamente, tanto no trabalho, quanto em meus projetos. E o papel é meu aliado nisso. Até já tentei manter todo o sistema em aplicativos, mas escrever é mais efetivo pra mim.

Num segundo plano, esse desafio é uma maneira de também compartilhar um pouco do que eu sei e do que pesquiso sobre esses assuntos com quem estiver disposto a ouvir. Volta e meia me perguntam como uso bullet journal ou coisa do tipo, então quero aproveitar a sequência pra responder algumas dessas perguntas.

Por último, é um jeito que encontrei de manter esse bloguinho em tempos em que a produção de conteúdo migrou pra outros formatos: instagram, podcast, vídeo… Eu nunca perdi a fé nos blogs, mas confesso que pra mim sempre foi difícil encontrar motivação ou assunto pra escrever aqui quando quase sempre falo o que quero em outros canais.

Estou animada pra tocar esse projeto, espero permanecer assim! <3 Pra quem também gosta do assunto, escrevo umas pílulas lá no instagram da minha papelaria, o @clubinhodopapel. Me segue!