Às vezes o saco enche

Hoje o João passou o dia quase inteiro no meu colo. Nas poucas vezes que fiquei com os braços livres eu estava fazendo coisas pra ele mesmo: fui ao supermercado comprar comida pra papinha, fiz a papinha, ou estava ocupada interagindo com outras pessoas. Isso 

A difícil arte da presença

  Eu escrevi e apaguei esse post duas vezes. E percebi que estou cansada demais para me explicar. E que mesmo querendo, eu não preciso. Mas eu preciso me expressar. Preciso encontrar um pontinho de luz, alguma mudinha em mim que eu consiga fazer brilhar, 

Assumindo um desejo

Eu sou quadrada em muitos sentidos. Não tenho essa flexibilidade toda que é característica da geração Y (até porque teoricamente eu ainda sou X). Digo isso porque há algum tempo li uma matéria que falava algo sobre ser feliz tendo várias carreiras ao mesmo tempo, 

Mudança, enfim acabou (ou quase)

Hoje fazem 17 dias que estou na casa nova. Ainda tem muito o que arrumar, mas o grosso já foi: já tenho a minha cama, já dá pra cozinhar, lavar roupa, ver TV, acessar a internet. Ainda restam algumas coisas para organizar espalhadas pela sala, 

Sobre como tudo muda o tempo todo (e a gente não tem nenhum controle sobre isso)

Eu poderia usar esse título para qualquer um dos temas sobre o qual pretendia escrever hoje: uma reflexão sobre meu aniversário ou notícias sobre minha mudança. Desisti de escrever sobre o aniversário, porque não foi o melhor dos meus dias e eu não quero ser