Melhores planners: nacional, importado e free

Esse post será o último das prévias do #52semanasdeplanner, depois é pra valer. Frio na barriga! Já estou montando um cronograma, espero que se torne um conteúdo que as pessoas gostem!

Bom, eu tinha começado uma lista de planners nacionais, e outra de planners importados, mas me perdi na quantidade de opções disponíveis. Toda hora aparece uma marca diferente, meu Deus! Então cheguei à conclusão que nenhuma lista nunca será completa.

E mudei o foco, até porque é impossível eu conseguir testar e conhecer a fundo todos os planners disponíveis no mercado. Então fui por outro caminho, que tem mais a ver com uma missão que eu abracei este ano, que é de tornar o máximo possível de conhecimento que eu puder mais acessível para as pessoas.

Baseada nas opções que eu conheço, resolvi listar as minhas indicações de melhor planner de marca nacional, o melhor planner importado, e também a melhor opção para download grátis que eu encontrei.

O melhor planner nacional

A melhor opção nacional pra mim é o planner da A.craft. Ele tem um tamanho bacana (A5), que dá pra levar na bolsa. Gosto muito do fato dele ser Traveller Notebook (aquele sisteminha de elásticos, falei deles aqui nesse post)

Mas o que acho mais interessante nele é a possibilidade de adquirir os caderninhos separadamente. Isso torna o A.craft bastante acessível, principalmente pra quem já tem outras capas e só precisa de cadernos.

Eu acho o tamanho A5 um ótimo tamanho, dá pra carregar na bolsa, e dá pra usar como planner de mesa também. Eu achava os espacinhos da visão semanal pequenos para a minha configuração anterior de planner, mas estou mudando meu sistema para 2018, e acredito que ele será ideal.

A propósito, para o primeiro trimestre de 2018, usarei um A.craft para a visão mensal e também semanal. Estou programando um post em breve para mostrar meu sistema para 2018.

O melhor planner importado

Alta do dólar, taxas alfandegárias e a instabilidade das entregas dos Correios desanimam muita gente de comprar planner fora do Brasil. Eu nunca tinha tido problema com compras internacionais até o final desse ano, quando duas encomendas simplesmente desapareceram do mapa.

Mas se você quer arriscar, ou se tem alguém que possa trazer pra você um de fora, indico de olhos fechados o Passion Planner, e nem vou me estender demais porque sempre falo um monte dele (veja esse post aqui).

Eu só aconselharia comprar o tamanho A5, eu tive A4 e não é nada prático para carregar, funciona bem melhor como planner de mesa. Ah, mesmo com a conversão de dólar em reais, acho que ele ainda sai num preço ok.

Dois adendos: esse ano pedi um Happy Planner, que é queridinho de muita gente, e não curti. Não gostei do sistema ARC. Mas continuo amando muito os acessórios deles, acho que são os adesivos que mais gosto.

Segundo adendo: se eu fosse pedir um planner diferente e gringo, tentaria um Erin Condren. Já vi resenhas e sempre vejo fotos na comunidade de planners, parece uma ótima opção! Mas achei caro, considerando a conversão.

O melhor planner grátis

Esse ano estou testando vários freebies, ainda não testei muitos, mas já baixei e analisei vários. Achei o do blog Enfim, Resolvido (baixe aqui) o mais completo de todos! Usei o mês de Dezembro como teste, e gostei.

A desvantagem de um freebie é que pra imprimir em casa você tem que ser sagaz com a sua impressora (e eu não sou nem um pouco), e pra imprimir em bureau, dependendo do papel e dos acabamentos que você escolher, pode sair caro.

Eu estou tentando domar a minha impressora, então sigamos tentando… Ah, é um planner bem minimalista, P&B, mas perfeitamente customizável com as suas firulas favoritas.

E é isso. Nessa semana o #52semanasdeplanner começa pra valer. Espero que gostem e acompanhem!